Saiba quais são as perspectivas para o mercado de caminhões em 2018

  • Home
  • Logística
  • Saiba quais são as perspectivas para o mercado de caminhões em 2018

Com um registro preocupante no primeiro semestre de 2017, segundo a FENABRAVE — Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores — o fechamento das vendas de caminhões ficou em queda de 16% comparado a 2016. Já no segundo semestre houve uma recuperação animadora equilibrando as expectativas para 2018.

Em tal cenário, as montadoras estão otimistas ao observar a recuperação que aconteceu em novembro de 2017, em 0,1% positivo e no aumento no início de 2018, entendendo que o Brasil vem se alinhando economicamente. Fique atento às perspectivas para o mercado de caminhões para este ano!

Entendimento do cenário econômico atual

Se você investe nesse mercado ou vende caminhões, precisa entender que a economia global está em crescimento sincronizado e com inflação baixa. Isso favorece a importação e exportação de mercadorias em todos os setores. Dentro de nosso país há um regime de taxas e juros que é muito influenciada politicamente.

Para cada região é necessário um levantamento minucioso sobre a demanda do setor logístico antes mesmo de prospectar positivamente ou negativamente o investimento nos serviços de venda de veículos de carga.

Levando em consideração a recuperação do mercado no final do semestre de 2017, podemos entender que o Brasil está passando por uma recuperação moderada. Investir no setor de vendas agora dependerá não apenas de expectativas, mas também de um olhar sistêmico sobre o andamento do mercado econômico nacional.

Prospecção para 2018

O Brasil ainda é muito dissonante politicamente o que acaba influenciando decisões sobre taxas e juros que atingem diretamente empresas e comércio. O investidor entra com uma atitude otimista para concluir suas vendas, porém depende muito da melhora do cenário econômico.

Algumas regiões do país como Sudeste, Sul e Centro-Oeste, que fomentam a maior parte do setor econômico do país, também sofrem grandemente com a administração dos cofres públicos de sua região.

Esperar o cenário mudar não é uma opção positiva aos investidores. Trabalhar inovando conforme a demanda e buscando novas parcerias, sejam em setores de serviços ou em parceiros que tenham a mesma visão de mercado que a sua empresa pode significar bons ganhos e estabilidade econômica saudável.

Riscos para quem pretende investir

 O mercado de caminhões no Brasil segue a tendência mundial conforme o nicho logístico para cada região. Onde há maior concentração de produtores, também estará a demanda pelas vendas.

O risco está no investimento desordenado. Prospectar economicamente antes de fixar a ideia onde a demanda é baixa esperando que o mercado melhore poderá trazer sérios riscos ao investidor.

Aplicar recursos em algo justamente em um ano de decisões políticas importantes exigirá muita cautela e observação às mudanças econômicas. Trabalhar recursos hoje na expectativa de retorno rápido não é uma ideia plausível.

O mercado de caminhões atual apresenta inovações e muitas opções que chamam a atenção de seus compradores. As montadoras apostam em um crescimento médio de 3% para o primeiro semestre de 2018. Mas ainda é importante lembrar que o Brasil se recupera de uma crise econômica que abalou todos os setores. Portanto, tenha muita cautela caso decida investir!

As informações deste post ajudaram você a entender um pouco mais sobre o mercado de caminhões e a realidade econômica que passamos? Saiba também sobre como utilizar a tecnologia na logística de transportes de carga.

Danilo Guedes

Danilo Guedes

Danilo Guedes, CEO da ABC Cargas, formado em gestão logística pela FAAP e com MBA em gestão empresarial pela FIA-USP, atua na área de transporte há mais de 20 anos, sempre buscando oferecer ao mercado um alto padrão de qualidade e inovação.

Deixe um comentário

Share This